quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Resenha: A cruz de zeta

Resenha do livro: A Cruz de Zeta.


Livro: A cruz de zeta
Editora: Selo, Ases da Literatura
Páginas: 170
Autora: Fátima Venceslau

Sinopse: Júlia, uma jovem de 17 anos, moradora da cidade do Rio de Janeiro, conhece um misterioso jovem chamado Marcos e apaixona-se por ele. O que ela nem imagina é que o rapaz é um alienígena. É do tipo nórdico: alto, loiro e de olhos azuis. Vive na Terra como um humano. Seu objetivo é cuidar de Júlia e protegê-la contra outro grupo de alienígenas: os reptilianos. Saulo é um tipo rebelde e irônico que gosta de se vestir no estilo gótico e, em princípio, persegue Júlia o tempo todo. Mas, por quê? O que ele quer com ela? Uma guerra pode começar a qualquer momento pela sobrevivência de duas espécies diferentes: os nórdicos e os reptilianos. E, para azar dos humanos, o planeta Terra será seu campo de batalha, pois ambos cobiçam seus recursos minerais e vegetais. Em meio a tudo isso, Júlia descobre que seu passado não é bem o que ela imagina, e agora não sabe mais o que esperar de seu futuro.



Resenha: E se você descobrisse que não é quem você pensa?

Júlia, uma garota "comum", de 17 anos, moradora da Cidade, do Rio de Janeiro. Uma menina estudiosa, que estudava muito para o ENEM, estava no seu último ano na escola.

Todos (ou quase todos) finais de semana, seus pais gostavam de passar na casa em Teresópolis.
E não foi diferente, em um belo dia, foram passar o final de semana lá. Chegando lá, Júlia encontrou-se com seu amigo Pedro, e contando as novidades, disse que haveria a Motofest , e que a banda favorita de Júlia estaria no dia.

Com 7 anos, Júlia e seus pais estavam passeando, quando Júlia viu um "índio" muito lindo, loiro, alto, com olhos azuis, que não tirava os olhos da garota. Ela com sua inocência de criança, seguiu e foi em direção á ele. Ela ficou por algumas horas desaparecida, e voltou ilesa.

Agora com 17 anos, (10 anos se passou), não lembrava o real motivo de ter seguido, e o que fizera com ela.
Sempre sonhava com o "índio", e não sabia o porque dele estar aparecendo em seus sonhos. Também sempre o via, em algum lugar, e ninguém mais, só ela.
Ele aparecia em forma de "gente", e as vezes de um cão muito lindo.
Ele tinha o objetivo de proteger Júlia, era seu fiel guardião, e também um alienígena nórdico, estava no planeta Terra, com a missão de protege-lá.

Na festa, todos estavam lá se divertindo, quando Júlia vai ao banheiro sozinha, e é quase raptada por Saulo, que também é um alienígena, só que de outro planeta, diferente do planeta de Marcos. Saulo é um reptiliano. E está atras dos nórdicos pois quer seus recursos minerais. Mais qual sera o real motivo de querer "raptar" Júlia?

Marcos é aquele "índio" que Júlia sempre via. Mais ela não sabia disso (ainda).

Mas Marcos, chega a tempo e consegue salvar Júlia, do terrível Saulo.
Marcos e Júlia vão se aproximando, e cada vez mais ficando amigos.
Tudo vai acontecendo e Júlia cada vez mais surpresa com o que está acontecendo, e mal sabe ela, que é uma________? haha, deixei vocês curiosos, mais vão ter que ler pra saber.


Gente eu amei esse livro, confesso que não estava com tantas expectativas com ele, mas me surpreendi, tem de tudo um pouco, romance, ação, ficção cientifica, é perfeito, e também amei o final, achei incrível, como tudo vai se encaixando, e dando tudo certo.
Sem contar como a forma da Autora escrever, te dá aquele gostinho de quero mais, com a escrita de fácil entendimento, e leve.
Vou te falar hein, quero um Zorb pra mim. rsrs
Ansiosa pelo 2° volume.

Espero que tenham gostado da resenha, e leiam por que não vão se arrepender. 

Instagram: Fátima Venceslau

Onde comprar: Com a própria autora, pelos contatos acima.
Livro em eboo-k na amazon: Amazon

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Entrevista: Larissa Carvalho

Entrevista com a Autora: Larissa Carvalho

Oi gente, tudo bem? Fizemos uma entrevista super bacana com a Larissa Carvalho Autora do livro: Coração sem fim.



01) Qual seu estilo de livro favorito? 

Filosófico e romance.

02) Qual foi sua inspiração na hora de criar o assunto do seu livro? Procurou fontes ou alguém?

A história em si eu busquei da minha imaginação, minha mente viaja a lugares inimagináveis. Quanto as abordagens das síndromes convivo de perto com pessoas que as têm e conseguiram supera-las e quanto ao meio ambiente sou uma eterna ativista na prevenção da nossa fauna e flora.

03) Tem outros livros publicados?Sozinho ou com outros autores? Ou é só "Coração sem fim"?

Tenho vários livros publicados em coautoria, agora o romance Coração sem Fim foi completamente sozinha.

04) Teve alguma dificuldade para publicar seu livro?

Quando mandei  a cópia para algumas editoras, três me fizeram propostas, acabei escolhendo a Chiado por ser internacional.

05) O que te motivou a escrever? Tem parentes que também são escritores?

Meu tio é membro da Academia Brasileira de Letras, José Murilo de Carvalho. Grande escritor e Cientista político do Brasil e reconhecido mundialmente. A minha motivação é mostrar para os leitores que apesar de tudo, vale a pena lutar pelos nossos ideais.

06) "Coração sem fim" foi um livro que entrou pros meus favoritos, e o final deixou com gostinho de "quero mais", Terá continuação?

Fico muito feliz em ler isso, sim terá uma continuação e muitas novidades e surpresas com os personagens.

07) O que seus leitores significam pra você?

Amo relacionar-me de perto com meus leitores, sem vocês o escritor não tem incentivo.

Obrigada por aceitar responde-las. beijos
Eu que agradeço. Um grande beijo para você.

Instagram: Aqui
Facebook do livro: Coração sem fim

domingo, 27 de setembro de 2015

Entrevista: Cecilia Mouta

Entrevista com Cecilia Mouta

Olá gente, fizemos uma entrevista com a Cecilia Mouta, autora do " O colecionador de borboletas."


01) Qual a sua rotina do dia-a-dia? Faz faculdade? Tem novos projetos para vir, como escritora?

R: Meu dia-a-dia é bem cheio, na verdade. Faço faculdade de manhã e estágio de tarde. Chego em casa só de noite, e ainda vou para academia!! Pretendo publicar outros livros, estou estudando as opções.

02) Que mensagem você quis despertar para nós leitores, com o "O colecionador de borboletas"?

R: Acho que de persistência nos sonhos, mas mais do que isso, é saber também a hora de parar e aceitar a realidade. Acho que a hora de saber parar é a mais difícil, porque é quando o sonho acaba.

03) Quando está escrevendo, gosta de silêncio, ou prefere estar acompanhada de uma música?

R: Depende do dia. Tem dia que gosto de escrever em silêncio, mas tem dia que gosto de uma música. Ou rock ou música clássica.

04) "O colecionador de borboletas", terá continuação? Contando sobre o filho de Nicola? Adoraria saber mais sobre.

R: Eu escrevi uma continuação, mas nem é sobre o Jimmy. É ainda sobre o Nicola. A história dele, o tema do livro tem muito o que se criar.

05) Você tão nova, com uma mente brilhante, de onde veio a paixão pela leitura, e o que te motiva a escrever?

R: Eu sempre gostei muito de ler e escrever. Foi algo que veio muito naturalmente, nunca parei para planejar isso.

06) Como leitora, qual seus escritores preferidos?

R: Gosto muito do Gabriel Garcia Marquez, J.K. Rowlling, Tom Rob Smith, José Saramago e eu sempre esqueço de falar desse autor (tem tempo que ele não lança nada), mas gosto muito dele,que é o Khaled Hosseini,

07) Qual a sensação de ver que as pessoas falam bem, e gostam do seu livro?

R: Acho que de dever cumprido. Meu objetivo era contar uma história para alguém e é muito satisfatório saber que as pessoas gostam dessa história. 

Instagram: Cecilia Mouta

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Entrevista: Liliane Raquel

Entrevista com Liliane Raquel

Olá gente, fizemos uma entrevista super legal com a Liliane, do " Os dilemas da mulher maravilha do séc XXI

Vamos as perguntas:

01- Qual a sensação, quando vai há uma livraria, e vê o seu livro á venda? 

Indiscutivelmente, ver um projeto realizado é uma ótima sensação, adoro encontrar meu livro nas livrarias. Apesar de se a distribuição virtual ser o forte da venda do livro.

02- Qual o livro mais marcante que já leu até hoje? E o seu escritor preferido?

Essa pergunta é muito difícil. Prefiro citar os autores, que as obras. Entre tantos autores, que me encantaram, destaco Rubens Alves, Fernando Sabino, Lya Luft, Roberto Shinyashiki, Isabel Allende.

03- Pretende escrever mais livros? Se sim, sobre o que? Histórias? auto-ajuda?

Pretendo escrever sempre. Sobre os temas que mais me chamam atenção. As surpresas acontecerão sem dúvida, até para mim mesma.

04- Alguma vez já viu alguém lendo o seu livro?

O Feed Back do meu livro é sempre muito gratificante. Já encontrei muitas pessoas lendo. Pessoas que se identificaram com diferentes aspectos da leitura.

05- O que mais gostou no " Os dilemas da mulher maravilha do séc XXI?" E de onde veio essa inspiração de escrever coisas lindas?

Eu me identifico com todas as partes do livro. A minha inspiração veio da minha vivência, da vontade de compartilhar com os outros as minhas emoções.

06- Fale um pouco do seu trabalho, envolvendo escritora, mãe, dentista.

Ser dentista, mãe e escritora são partes que se interligam e se ajudam. A maternidade me motivou a escrever. A odontologia me realiza profissionalmente. E a escrita contribui para ser dentista e mãe.

07- Deixe aqui algo que deseja falar para seus leitores. E também para aqueles que tem vontade de escrever livros, mais não sabe o que fazer?

A maior felicidade de um escritor é poder compartilhar sua escrita. Escrever e ler são prazeres que curam a alma. A vontade de escrever vai guiar a mão quando o coração transbordar.

Adorei participar da sua entrevista.

Instagram: Liliane Raquel
Facebook: Liliane Raquel

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Resenha: O Penúltimo Capítulo

Resenha do livro : O Penúltimo Capítulo

Autora: Clarice Pessato
Editora: Imprensa Livre
Páginas: 206


Sinopse: Ao referir-se a capítulos, a autora faz uma alegoria como se a vida fosse um livro esperando um último capítulo com final feliz, Clarice, uma jovem de 18 anos, ativa e cheia de sonhos, vê sua vida se transformar quando foi vítima de um acidente automobilístico que a deixou tetraplégica.
Ela conta a história da luta contra a tetraplegia e a discriminação e que, pela fé, venceu o sofrimento e a falta de respostas, recebendo a capacidade para superá-los. Também mostra como Deus pode usar até mesmo as experiências mais dolorosas de nossa vida a fim de levar-nos para mais perto d'Ele e executar seus propósitos através de nós.
Se você tem dificuldade de aceitas acontecimentos delicados em sua vida ou de outras pessoas, ou sofre preconceito e discriminação, a leitura da história de Clarice poderá ajudá-lo a e enfrentá-los com paz e alegria no coração.  


Resenha: " Que livro maravilhoso, que história triste, e ao mesmo tempo, abençoada."
Tudo começa quando ocorreu um acidente com um caminhão transportando um time de futebol na carroceria e que colidiu dois automóveis, sendo um deles, a jovem Clarice estava.
Clarice sempre foi uma menina comum, morava com sua família em Arvorezinha, uma jovem de 18 anos, sempre alegre, com sonhos. 
Tinha aquele sonho de se casar, vestir-se de noiva, e tudo mais.
Clarice começou um curso de Auxiliar de Laboratório de Análises Químicas. Passaram alguns anos terminou o ensino médio, não sabia o que queria cursar, trocou de cursos várias vezes, medicina, nutrição, psicologia...
Foram 29 feridos e 1 morreu.
Clarice foi levada para o pronto-socorro (UTI). Enquanto isso seus familiares ficavam na esperança de receber uma notícia boa. Até que o Doutor deu o atestado com a seguinte mensagem:

" Atesto, a pedido dos pais da paciente, para fins de esclarecimento do diagnóstico, que Clarice Pessato apresenta quadriplegia cervical sensitiva em C5 devido à fratura-luxação da coluna cervical ocorrida há uma semana.
Apresenta respiração diafragmática apenas. Esta em fração esquelética.
Dr. Olavo Rangel."

Era difícil aceitar que uma jovem que era perfeita, estava ali num pronto-socorro sem movimentar seu corpo, em uma cadeira de rodas.
Sempre que os pais de Clarice queriam saber novidades há respeito de sua filha, o que recebiam era " ESTADO GRAVE. "
Eles não "aceitavam" a deficiência que Clarice tinha, afinal o que era tetraplegia?

Significa a paralisação dos quatro membros (braços e pernas) , porém minha família e eu nunca soubemos sobre isso ou sequer passou pela nossa cabeça que alguém pudesse ter os braços e pernas paralisados. 


Clarice, mudou de Arvorezinha para Porto Alegre, pois os tratamentos eram mais fáceis. Recebiam visitas dos parente, amigos do cursinho, e trocava cartas. 
No meio dessas dificuldades sempre tem gente que quer te ver para baixo, incrível isso.
E com Clarice não foi diferente, uma amiga de Celina (mãe de Clarice) estava conversando com uma mulher, cujo seu filho havia morrido. Então ela disse: - O teu filho morreu, foi melhor assim, olha como ficou Clarice.
Então a mãe do jovem respondeu: - Ela ficou viva, e enquanto tem vida podemos ter esperança e fazer alguma coisa.

No hospital Clarice recebia as visitas, e elas sempre motivando, e abençoando, para nunca se desanimar. Clarice gostava de Deus e acreditava no seu poder. Mas pensava, como que Deus não queria ver a sua felicidade, uma pessoa como ela não tinha tantos pecados, o porque ele não tinha misericórdia sobre ela, então ela mudava aquela frase " Se Deus quiser" , para " Deus quer".

Passaram os anos, Clarice saiu do hospital, e pensou sobre o que as pessoas falaram sobre Deus, ir as reuniões. Depois de um tempo ela viu o quanto Deus é bom, e sem muitas delongas, Clarice e sua família estava servindo ao Senhor Jesus Cristo.
Ia sempre as reuniões, e dava aulas e falava sobre Deus para as crianças.

" Gostava de ensinar sobre a borboleta, comparando o ciclo de vida deste inseto com a nossa vida. Antes de se tornar borboleta ela é uma lagarta. Quando aceitamos Jesus, um casulo é construído para ocorrera metamorfose, a mudança de vida, então saímos do casulo como borboletas. O mais importante é que, além de embelezar a natureza com seu colorido, as borboletas a embelezam, espalhando sementes que produzirão flores, e nós precisamos espalhar semente, que são a palavra de Deus, para embelezar a vida de outras pessoas também."


Depois se formou em Letras, Curso de inglês avançado, Seminário de Especialização em Teologia, e Curso de Missões. É professora da escola bíblica, escreve artigos evangélicos para o jornal, online e offline.
Esse livro não é apenas uma leitura, mas é para abençoar a vida de quem o estiver lendo.
Clarice não via que ela mesma estava com preconceito, com a sua deficiência, por não aceitar que ia ficar em uma cadeira de rodas, mas depois que aceitou Deus cuidar de sua vida, não se preocupou com mais nada, e só servir a Deus.
Em muitas vezes não tinha respostas para cada pergunta, mais Deus sempre mostrava uma resposta, pois ele não deixa seus filhos confundidos e envergonhados.


Duas palavras pra esse livro: Maravilhoso e abençoado.


Onde comprar: Mande um email para: claricepessato@hotmail.com.br
Facebook da Autora: O Penúltimo capítulo
Blog da Autora: O Penúltimo Capítulo

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Entrevista: Lorena Rocque

Entrevista com a autora Lorena Rocque


Olá, gente !

Hoje trago pra vocês, uma entrevista com a Lorena Rocque, Autora da trilogia, Maria Metálica. Obrigada pela atenção Lorena, e vamos as perguntas.




01) De onde veio tanta inspiração para escrever seus próprios livros?

Olá querida! Tudo começou com um sonho que tive em uma noite de inverno de junho de 2011. Sonhei com uma cidade subterrânea, depois intitulada como : Cidade do Cimento. As protagonistas principais eram uma bruxa velhíssima e uma menina extraterrestre super poderosa. A partir daí a inspiração seguiu o rastro do sonho e minha imaginação flui até hoje.


02) Quando será lançado o 3° volume da trilogia de Maria Metálica?

Provavelmente no segundo semestre do ano que vem sob o título:” Maria Metálica e a Cruz Cósmica”.


03) Pelo que percebi, gosta de escrever sobre ficção cientifica, escreveria um livro em outro gênero literário? romance, entre outros?

Apesar de pretender seguir essa linha literária, me aventuraria em um romance que já tenho na gaveta, segredo.

04) Que gênero literário você gosta de ler? E qual autor preferido?

No momento estou curtindo livros de auto conhecimento, poder da mente, adoro temas como do livro “O Segredo”. Nesse instante me veio na mente o escritor Paulo Coelho.

05) Qual personagem que mais gosta nos seus próprios livros? Porque?

Sem dúvida, Maria Metálica. Creio que no fundo muitas pessoas gostariam de sê-la, porque é uma heroína nos planetas afora e domina a si mesma. E seus poderes sobrenaturais são adoráveis!


06) Além de ser escritora, no que mais trabalha? E gosta do que faz?

Sou Radiestesista e Cromoterapeuta de 1999. Inclusive o primeiro livro que publiquei foi sobre Radiestesia, com o intuito de registrar uma serie de criações próprias.
E minhas atividades profissionais, amo o que faço.


07) Deixe aqui uma mensagem para seus leitores e amigos, E também para aqueles que querem virar escritores, mas não sabe por onde começar.

Desejo que todos vocês descubram sua verdadeira vocação e assumam isso, pois a felicidade está ai!
E para aqueles que querem ser escritores, simplesmente escrevam sem compromisso, façam isso por vocês, não importa se há principio ficou perfeito ou não, o resto acontece.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Parceria: Carolina Cequini

Parceria com Carolina Cequini, Autora do livro " Surfistas, Beijos e um Pé de Pato."



CAROLINA CEQUINI nasceu no Rio de Janeiro e mora junto ao mar, talvez por isso sempre tenha acreditado na existência de sereias. É estudante de Design e Animação e, a partir de setembro, vai se mudar para os Estados Unidos para completar a formação no Savannah College of Art and Design (Savannah, GA), com professores dos Studios Disney, Dreamworks e Pixar. Apesar da distância, vai manter comunicação intensa com suas fãs brasileiras através do Facebook e do Instagram. 

É carioca, geminiana, chocólatra e vive no mundo da lua! Seus maiores inspiradores? Meg Cabot, Rick Riordan e Rumiko Takahashi.


Gêneros do livro: Teen, Romance, Ficção (Em breve resenha)

Onde comprar o livro: Submarino , Saraiva , Shoptime ,Americanas , Cia dos Livros .

Instagram: Carolina Cequini
Facebook: Carolina Cequini

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Parceria: Clarice Pessato

Parceria com Clarice Pessato, Autora do livro " O penúltimo Capitulo. "


Clarice Campo Pessato nasceu no interior do Rio Grande do Sul. Primogênita de três irmãos, desde criança era interessada em ser uma boa filha, boa aluna e boa religiosa. E em Novembro de 2013  lançou seu  livro: 'O Penúltimo Capítulo'.
"Já faz anos que alguns amigos sugeriram que eu escrevesse um livro, porém, apesar de já ter iniciado mais de uma vez, eu não consegui concluir. Eu queria um último capítulo com final feliz, segundo o meu conceito humano, e isso impediu que este livro fosse divulgado antes."
No ano de 1981, jovem com 18 anos, cursando o segundo ano de Psicologia, ativa e cheia de sonhos, Clarice viu sua vida se transformar quando foi vítima de um acidente automobilístico que a deixou tetraplégica. Passou a conviver com as limitações físicas que mudaram sua história e a angústia de ter que se adaptar com a nova realidade somente era amenizada pela ilusão de que em breve estaria caminhando novamente; mas os anos passavam e a cura não acontecia.
"O peso de tantas perdas, frustrações, decepções, falta de respostas iam aumentando a cada ano e quando tudo ao meu redor me conduzia para o desespero, quando parecia que não tinha mais para onde olhar ou o que fazer, Deus veio em meu socorro e através da fé recebi forças para prosseguir.
Com muito amor Deus ia me ensinando a cada dia e com cada situação fui aprendendo que as experiências mais dolorosas de nossa vida podem nos mostrar novos caminhos."
O mover de Deus nas vidas não acaba num dia, são necessárias muitas curas e Deus cuida dos detalhes. Formamos padrões, valorizamos aparência e acreditamos que seremos felizes com esses padrões. Por isso, para Clarice, um último capítulo com final feliz somente seria voltar a caminhar.
"Existia o preconceito e a discriminação dentro de mim. Eu considerava a aparência mais importante do que a essência. O meu coração precisava ser curado, precisava ser mudado e Deus me deu essa cura. Somente quando isso aconteceu eu consegui concluir este livro." 
Entender que da tristeza podemos tirar alegria, que as perdas podem se tornar ganhos e que a derrota pode se transformar em vitória, é um trabalho que só um Deus de amor pode fazer."
A felicidade foi encontrada quando a autora entendeu que era uma obra de Deus, criada de acordo com o plano que Ele designou para ela. Clarice descobriu que a cura que Deus dá pode acontecer sem que as circunstâncias sejam mudadas. Não significa que Deus não muda as circunstâncias, que Deus não cura ou não faz milagres, ou que não há espaço para aperfeiçoamento, mas cada caso é único. E na vida da autora a cura precisava acontecer em primeiro lugar no seu coração.
O ministério de Jesus foi o coração e a alma da humanidade, quando entendemos isso perceberemos que deficiências físicas são temporárias, enquanto a cura espiritual é eterna.

Onde comprar: Com a própria autora, pelos contatos acima.

Parceria: Fátima Venceslau

Parceria com Fátima Venceslau, Autora do livro " A cruz de zeta."




Fátima Venceslau nasceu em 29 de junho de 1959, em Porto Lucena, Rio Grande do Sul. Formada em Odontologia, tem Especialização em Estomatologia e Mestrado em Tecnologia Educacional nas Ciências da Saúde. Exerce a função de professora de Odontologia. Reside no Rio de Janeiro com seu marido e sua filha. Leitora voraz desde a infância, sempre gostou de escrever nas horas vagas. Recentemente decidiu dedicar-se à escrita e faz parte do grupo "Ases da Literatura".

Skoob: Fátima Venceslau Instagram: Fátima Venceslau
Livro em ebook na amazon: A cruz de zeta , E a venda com a própria Autora.

Parceria: Simone Taietti

Parceria com a Simone Taietti, Autora do livro " Uma vida para Sempre."


Simone Fávero Taietti nasceu em 1994, ano em que o mundo perdeu Kurt Cobain e Ayrton Senna e em que Nelson Mandela tornou-se o 1º presidente negro da África do Sul. Descobriu, ainda no Ensino Fundamental, sua grande paixão: a escrita. Tem preferência pelas histórias palpáveis, a inconstância da vida, aquilo que pode acometer qualquer um. Em 2011, foi uma das ganhadoras do 7° Prêmio “Construindo a Igualdade de Gênero”, na categoria estudante de Ensino Médio, concorrendo com 3.375 outros textos. Uma vida para sempre é seu primeiro livro publicado. Vive em Tangará, SC. É acadêmica de Direito na Universidade do Oeste de Santa Catarina. Divide seu tempo livre entre a escrita, leitura, estudos e os seriados de que tanto gosta.

Facebook da Autora: Simone Taietti
Skoober: Simone Taietti
Onde comprar o livro: Saraiva , Amazon

Resenha: Os dilemas da " Mulher Maravilha " do séc XXI

Resenha: Os dilemas da " Mulher Maravilha " do séc XXI
Autora: Liliane Raquel Carvalho
Editora: Chiado Editora
Páginas: 98

Sinopse:Quando eu era criança, ficava fascinada com os desenhos animados da Mulher Maravilha, porque, além de ter superpoderes, era mulher. Hoje, alguns anos depois, descubro que, assim como várias mulheres, sou uma “mulher maravilha” do século XXI. Não é o máximo? Ter consciência dos nossos poderes nos deixa mais poderosas e mais fortes para continuar uma missão brilhante, que tem vários aspectos. E descobri que o sucesso da empreitada nada mais é que equilibrar vários pratos, ao mesmo tempo, sem sobrecarregar um lado mais que outro. Achou fácil? Então (quem sabe?) somos trapezistas ou garçons natos e nem sabíamos.



Resenha: Os dilemas da " Mulher Maravilha " do séc XXI, relata sobre a vida de Liliane, um livro de auto ajuda, e "diário".Ele é dividido em cinco capítulos: Supermulher, Supermãe, Superprofissional, Supercompanheira, e Supervocê. Em cada parte ela conta sobre suas experiências com o trabalho, família, mãe.. etc. E ao mesmo tempo dando conselhos e dicas para as leitoras.Também Liliane relata que devemos estar de bem com nós mesmas, com tantos afazeres do dia-a-dia não temos tempo para nos cuidar, pensar e fazer mil e uma coisa.Não tem como expressar o sentimento que esse livro causa, o tanto que eu gostei, cada página que passava, eu me sentia mais leve, calma, e surpreendida como a escritora é calma, atenciosa e MULHER MARAVILHA.Lembrando que muitas dicas que ela passa eu guardei no fundo do meu , e usarei todas no futuro!Ah e mais uma coisa, TODAS somos mulheres maravilha, basta confiar em nós mesmas, e ter força de vontade. 


Onde Comprar:  Chiado Editora , Estante Virtual , Buscapé .


Parceria: Vanessa Brunt

Parceria com Vanessa Brunt, autora do Livro " Entre Chaves."




Vanessa Brunt (dita por jornalistas como A poetisa/escritora de todas as coisas ou também conhecida carinhosamente pela imprensa como A Branca de Neve do Século XXI) é uma literata nascida em Salvador, no ano de 1995. Desencadeou-se no universo poético aos nove anos de idade, transpondo em papéis suas indagações, sentimentos e reflexões. Apesar de compor, escrever contos, frases e textos diversos, foi principalmente pelas poesias que a autora passou a chamar a atenção no campo literário, no entanto, suas crônicas conquistam ainda mais corações pela rede. Além das suas obras, Vanessa escreve em sites, revistas digitais e blogs como colunista (por vezes, também colaborando com jornais e/ou outras áreas midiáticas). O projeto de palestras da jovem autora vem sendo adquirido pelos maiores colégios, principalmente baianos, em suas épocas de feiras literárias. Nestas, ao decorrer do diálogo com os alunos (séries e turmas selecionadas pelos institutos), Vanessa fala sobre a sua trajetória, cita a importância da disciplina e do autoconhecimento para a sagacidade profissional e enfatiza a indispensabilidade da leitura para além dos âmbitos de carreira e tópicos pessoais, através de exemplos criativos. Em seu percurso como escritora, após ser descoberta por mestres da gramática do ensino superior, tendo seus poemas em questões avaliativas de distintas instituições de ensino, a visionária foi alvo de diversos convites, como o de presidir a Academia de Letras Baiana - CAV (em 2012), ou o da Tribuna da Bahia (popular jornal baiano que a convidou para integrar colunas por um mês, publicando dentre este período matérias com destaque sobre a tal), entre inúmeros outros. O reconhecimento sobre Vanessa Brunt então, obteve alastro constante, sendo foco de espanto positivo pela sua pouca idade e escrita tão madura e profunda (sendo comparada com poetas já falecidos), fazendo-a partir para âmbito nacional — Não só em seus lançamentos e em convites para palestrar em eventos literários, porém, também, com ocorrências de matérias em revistas, sites e jornais (além de estar incluída em inúmeros outros meios da rede, como em sites de frases e/ou poéticos, páginas do Facebook, tumblrs, blogs e variados, que publicam citações, crônicas, poesias e/ou outros gêneros textuais da autora) —. Com a sua forma autêntica e eclética de escrever, encantou(a) faixas etárias diversificadas. O carinho dos leitores se intensifica pelo fato de identificarem-se em variadas obras de Vanessa, comprovando assim a reintegração do interesse na leitura ampla feita pelos seus escritos, que abordam desde temáticas críticas sobre o comportamento da sociedade, até questões mais sentimentalistas (sempre com base em vivências da própria). Outros fatores muito comentados pelos seus leitores (principalmente os mais jovens) é o carisma da mesma e a sua desenvoltura contagiante, que transpõe ao levar as suas verdades e lições não só na escrita, contudo, também em entrevistas e outros meios onde possa expressar-se. Após diversas antologias, nas quais se encontra como a principal autora, com destaque aos seus poemas: Em 2013, lançou seu primeiro livro solo de nome "Entre Chaves": Uma obra que mescla poesias, pensamentos e citações. A publicação conquistou âmagos com suas pitadas de realismo e idealizações em equilíbrio, tendo obtido excelentes críticas na mídia, principalmente pelo fato de abordar a possibilidade de uma leitura não linear e abrangente a tantos temas, atingindo as prateleiras principais como um dos livros mais vendidos de muitas livrarias (como a Saraiva) e sendo objeto de estudo de faculdades em cursos da área de humanas. Além de finalizar o curso de Comunicação Social em Jornalismo, os planos da escritora propagam-se para uma próxima coletânea própria repleta de crônicas e brincadeiras com a escrita das palavras. Após, visa livros de estórias (com toques místicos) mais bem elaboradas do que os contos que costuma escrever, todavia, faz questão de deixar claro que crônicas e poesias continuarão a ser seu maior foco (por dizer ser os meios em que seus desabafos mais ocorrem), prometendo ainda muitos futuros trabalhos que as carreguem.

Onde comprar o livro, Entre Chaves : Cultura , Saraiva
Site da Autora: Vanessa Brunt
Instagram : Vanessa Brunt
Twitter : Vanessa Brunt

domingo, 13 de setembro de 2015

Resenha: O Colecionador de Borboletas

Resenha do livro: O colecionador de Borboletas.


Livro: O Colecionador de Borboletas
Autora: Cecília Mouta
Páginas: 255

Sinopse: O Colecionador de Borboletas - Você sabe qual a verdade sobre o efeito borboleta?
Nicola é um pesquisador e colecionador de borboletas que perdeu a memória. Durante sua recuperação, com a ajuda de uma psiquiatra, descobre que possui o poder de voltar ao passado e modificá-lo, e também que era apaixonado por uma garota chamada Joana, que aparece repetidas vezes em meio à suas confusas visões.
Pior que uma lembrança morta, é uma lembrança que insiste em ressurgir. E Nicola terá que seguir o fio de suas vagas recordações para desvendar até que ponto alterou seu passado. Porém, este colecionador ainda não tem consciência do quanto o efeito borboleta pode ter afetado seu próprio destino.



Resenha: O livro conta a história de Nicola, ele é colecionador e entomólogo, apaixonado por borboletas.
No começo do livro, Nicola está em uma clinica psiquiátrica (sua mãe que mandou ele pra lá) pois perdeu a memória. Não sabemos o porque dele estar lá.
Com a ajuda de sua psicóloga Liz, e a enfermeira Ester, cada dia ele lembra um pouco do seu passado, toda vez que ele lembra de um acontecimento, os ouvidos sangram, e ele desmaia. Cada página que passa a história vai ficando cada vez mais tensa.
Nicola lembra que conheceu há uns anos atrás (sua infância) que conheceu Joana, uma linda menina por quem se apaixonou, ela era filha dos empregados, do sítio de seu avô.
Com isso vamos conhecendo a vida de Nicola e Joana.
Ao decorrer do livro ele se pergunta, o porque dele estar em uma clínica? Onde estaria Joana agora? Porque fisicamente ele está tudo bem!
Enfim descobrimos que Nicola tem o poder de voltar ao passado e que o Efeito Borboleta, se encaixa nele, mas se ele mudar o passado terá uma consequência no futuro.

Sobre o livro, eu amei, uma história linda, li nesse final de semana (sábado e domingo), É aquele tipo de livro que você quer saber onde está Joana, o que aconteceu com ela, o real motivo de Nicola estar em uma clínica, amei demais, principalmente o FINAL! Super recomendo.


Onde Comprar: Saraiva , Novos Talentos da Literatura , e com a própria Autora

Parceria com a Cecilia Mouta, Autora do Livro: O colecionador de borboletas



Cecília Mouta Guimarães nasceu no dia 7 de maio de 1993 em uma pequena cidade do Rio de Janeiro, onde viveu até a adolescência. Atualmente mora na capital do mesmo estado e faz sua graduação na Pontifícia Universidade Católica (PUC). Desde nova sempre mostrou grande interesse pela literatura. Além de poesias e romances, compõe músicas; toca violão e estuda piano na Fundação Villa Lobos. O Colecionador de Borboletas é seu livro de estreia. (Já tem resenha do livro aqui no blog)

Instagram: Cecilia Mouta

Parceria: Larissa Lúcio Carvalho

Parceria com a Larissa Carvalho, Autora do livro: Coração sem Fim


Nasceu em Belo Horizonte. Advogada com especialização em Direito Constitucional. Já escreveu alguns artigos publicados sobre Direito dos Animais. Mãe de Sofia e Alícia, é casada com Antônio Alberto dos Santos Barriga (Beto). Ama estar com a família e os amigos.
"Conhecer o mundo é a aventura mais fascinante que um ser humano pode fazer em sua existência"; "Ajudar o próximo, incluindo a compaixão aos animais"; "E disciplinar a ti mesmo, sempre com bons e sinceros pensamentos", são lemas que carrega em sua alma.
É nos momentos de reflexão que abre sua imaginação e viaja na escrita. Gosta de ler; todavia escrever faz com que a alma e o espírito se encontrem e naveguem por outras dimensões.
Vencedora do 5º lugar no 2º Festival de Contos do Rio de Janeiro, promovido pela Literarte.
(Já tem resenha do livro, aqui no blog.)
Instagram: Larissa Carvalho
Facebook: Coração sem Fim

Parceria: Helenah

Parceria com a Autora: Helenah, Autora do Livro: "Os meus olhos que não eram os meus"



Ela vive com seus familiares em Brasília, Distrito Federal, onde tem muitos amigos. Seu romance, OS MEUS OLHOS QUE NÃO ERAM OS MEUS, é uma viagem fascinante, enriquecedora e comovente. Esta leitura irá leva-ló à verticalidade do viver, no equilíbrio natural entre a força do riso e a coragem da lágrima. Viva a vida e reencontre seu universo, visite HELENAH.

Site: Helenah
Instagram: @helenah_oficial 
Book trailer: Abaixo ↓